sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A Senhora de Shalador

Autor: Anne Bishop
Editora: Edições Saída de Emergência
Número de páginas: 499

Durante longos anos, o povo de Shalador suportou as crueldades das Rainhas corruptas que reinavam, proibindo tradições, punindo quem se atrevia a desafiá-las e forçando muitos à clandestinidade. Pese embora os refugiados tenham encontrado abrigo em Dena Nehele, nunca conseguiram considerar esse lugar como a sua terra.
Agora, depois da aniquilação dos Sangue deturpados de Dena Nehele após a purificação, a Rainha de Jóia Rosa, Senhora Cassidy, assume como seu dever restaurar a terra e dar provas das suas capacidades como soberana. Ciente de que para assumir tal tarefa irá precisar de todo o ânimo e coragem que conseguir reunir, invoca o poder dentro dela que nunca fora posto à prova, um poder capaz de a consumir caso não consiga controlá-lo.
Ainda que a Senhora Cassidy sobreviva à sua prova de fogo, outros perigos a aguardam. Pois as Viúvas Negras descortinam nas suas teias entrelaçadas visões de algo iminente que irá mudar a terra - e a Senhora Cassidy - para sempre.

A continuação do reinado de Cassidy está em perigo. Se, por um lado, o seu Círculo começa a apreciá-la, Theon continua a recusar-se a aceitá-la como a Rainha que irá salvar a terra dos seus antepassados, principalmente quando ela decide visitar as reservas de Shalador, contrariando-o. A visita à reserva permite à Rainha de Jóia Rosa dar mostras do que pode e está disposta a fazer pelo povo que está nas suas mãos, colocando mesmo a sua vida em risco. Devolvendo ao povo de Shalador as suas tradições, a Senhora Cassidy está a devolver-lhes a esperança e a conquistar o seu coração.
Mas nas teias de sonhos as Viúvas Negras vêem algo de mau a acontecer e vai depender da força interior de Cassidy impedir que o pior aconteça, o que não é fácil quando o passado que lhe retirou a confiança em si própria aparece sobre a forma de uma Rainha bela e mimada que já lhe roubara tudo antes, à porta da sua nova casa, para lhe retirar tudo outra vez e com o apoio de Theon, que fora o responsável pela sua vinda mas que não a reconhece como a Rainha que imaginou.
Só que há sentimentos que estão cada vez mais fortes: a lealdade, a confiança e o amor. E há que toma-los em conta pois algumas pessoas não estão dispostas a perder esta Rainha que lhes pode trazer de novo o que é ser realmente Sangue.
Bishop no seu melhor. O desenvolvimento d'Aliança das Trevas prima pelo crescimento das novas personagens do mundo da Trilogia das Jóias Negras como Cassidy, Gray ou Ranon, que são uma lufada de ar fresco (bem negro). Como fã incondicional adorei cada pormenor novo nesta Dena Nehele, tão próxima e tão distante de Ebon Askavi. Claro que a presença de Jaenelle, Daemon, Lucivar, Saetan, Karla, Surreal, Ladvarian, entre outros, foi como um presente de Natal daqueles! As saudades destas personagens eram imensas e já faziam falta estes momentos. Dão certamente outra cor à história e deixaram-e muito feliz. Obrigada, obrigada, obrigada!
Foi pena alguns erros como a falta do sexto capítulo (fui uma sortudas que o tinha, boa!) e alguns erros gráficos bastante flagrantes. Mas como não é costume pode-se perdoar e até esquecer.

7/7

Sem comentários:

Enviar um comentário