sábado, 12 de março de 2011

Seduzida

Autor: P. C. Cast; Kristin Cast
Editora: Edições Saída de Emergência
Número de páginas: 311

Num mundo igual ao nosso mas onde os vampyros não só existem como são tolerados, A Casa da Noite é uma escola de referência. Um local cheio de perigos e segredos onde os jovens marcados têm dois destinos: ou se transformam em vampyros ou morrem destroçados.
Zoey Redbird é uma das melhores alunas e foi escolhida pela deusa Nyx para um grande destino. Mas como se não bastassem todas as invejas de que é alvo, agora enfrenta desafios cada vez mais difíceis: para além de ter de lidar com três rapazes que disputam os seus afectos, (sendo um deles um Guerreiro destinado a proteger Zoey e a sentir as suas emoções), também terá de enfrentar as forças negras que despertam nos túneis sob Tulsa.
Estranhas visões avisam Zoey de que deverá resistir aos encantos de Kalona, e também mostram que apenas ela terá o poder de travar esse imortal maléfico. Cedo se torna claro que Zoey não tem escolha: se não se render a Kalona ele vingar-se-á sobre os seus amigos mais próximos e a família. Terá Zoey Redbird a coragem para arriscar perder a sua vida, o seu coração e a sua alma?

Depois de enfrentar Neferet, Kalona e os seus filhos homens-pássaros, Zoey juntamente com os amigos e os iniciados vermelhos, abrigam-se nos túneis de Tulsa e preparam o regresso à Casa da Noite. Para além de ter de lidar com o seu papel na destruição(ou não) de Kalona, Zoey tem ainda de enfrentar os segredos da sua melhor amiga do coração, Stevie Rae, os seus sentimentos pelos três "namorados" , e o plano maquiavélico do casal mais maquiavélico. Numa corrida contra o tempo, a jovem sacerdotisa de Nyx e os seus amigos têm de demonstrar que já não são apenas um jovem grupo de iniciados mas um núcleo de poder. Mas a tarefa não será nada fácil...
Admito que já estive mais apaixonada por esta saga e muito por culpa da Zoey. A confusão que vai na cabeça da rapariga é capaz de confundir até a pessoa mais sensata! Tudo bem que ela é uma adolescente e que todas as adolescentes fazem do mais simples problema uma crise mas por todos os deuses a moça é uma dor de cabeça!Seria de esperar que ao longo da saga houvesse alguma evolução emocional, mas depois de seis volumes, parece que ainda não é desta.
É verdade que a história tem um rumo bastante interessante e original que, depois de tantos livros de vampiros, é bem-vinda e só posso agradecer às autoras por isso. Dar importância às raízes cherokee da Zoey foi um golpe de génio que dá um rumo interessante e gostava muito que continuasse a ser bem explorado. Só espero é que não se torne de tal maneira confusa que já não saibamos bem onde andamos e que as autoras tenham o discernimento para impedir que isso aconteça.
Quanto às personagens, benditos sejam os amiguinhos da Zoey! Confesso que o novo rumo dado a Afrodite me alegrou bastante e estou ansiosa para saber qual vai ser o caminho desta personagem e como vai correr a sua relação com o Dário; a Stevie Rae é, para mim, a surpresa da saga e parece-me que ainda nos trará ainda mais surpresas, aguardemos para ver... E, claro, não há como esquecer as Gémeas que são hilariantes e é uma pena não serem personagens mais exploradas tal como o Daimen que é um amor de rapaz juntamente com o namorado, Jack. Mas se há alguém que é mesmo bem-vindo é o Stark. Sinceramente nem o Heath nem o Eric me enchiam as medidas (e se calhar é por isso que não consigo entender a crise da Zoey) mas o Stark, sim. Adoro-o, adoro-o, adoro-o! É neste momento a minha personagem preferida e não há como não adorar este rapaz!
Este volume foi uma melhoria e conseguiu voltar a puxar-me para esta série. Com uma evolução agradável, novas surpresas, um grande avanço na história e um final de deixar a pulga atrás da orelha (não, não vou contar!) consegue trazer alento aos fãs da série e vontade de continuar. E desta vez valeu bem a espera!

5/7

Sem comentários:

Enviar um comentário