quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Booking Through Thursday - Humor de Leitura

Achas que o teu humor afecta as tuas leituras? Se estiveres de mau humor, escolhes uma leitura que te apoie ou algo que te anime? Escolhes livros diferentes, dependendo se está a chover ou um sol radioso? Para essa matéria, a tua cor de humor pode modificar o que estás a ler, de modo a que um livro engraçado não seja tão engraçado ou um sério tão profundo?

Esta é uma situação em que eu sou muito inconstante. Há dias em que afecta a minha escolha de leitura ou a forma como interajo com o livro mas o próprio livro pode mudar o meu humor, por isso não é algo certo, depende de vários factores.
Por exemplo, no quadro previsto na segunda pergunta, eu escolho sempre algo que me anime mas há aqueles dias em que me apetece ser sádica (são dias raros graças aos deuses!) e escolho algo que esteja tão sombrio quanto eu. Nesse tipo de situações estou mesmo para deprimir, por isso não vale a pena mas já aconteceu eu escolher um livro para alegrar e ele deprimir-me ainda mais ou escolher um denso e esquecer que não estava aos pulinhos feliz e contente e ficar. Lá está, depende.
O tempo não interfere em nada com as minhas escolhas de mesa de cabeceira. Lá porque sou uma pessoa outonal, do frio não quer dizer que guarde aqueles livros especiais para essa altura. Aliás, alguém me explica como é que se decide o que é um livro de Inverno e o que é um livro de Verão? É que um livro não é uma camisola, não é... A única coisa em que podia interferir é que numa situação posso ler ao ar livre mas como não é algo normal em mim, não me faz grande diferença.
Quanto à última pergunta, pode, oh se pode! Como já disse mais acima, o livro pode mudar o meu estado de espírito ou o livro surgir de forma diferente a meus olhos conforme o meu humor. Eu até posso estar muito bem, ler um livro animado e um parágrafo colocar-me a espumar pela boca (teoricamente) ou a levar-me a certo tipo de pensamentos tristes e eu nunca mais pego no livro. Não porque não era alegre, doce, fantástico. Mas porque determinado momento me trouxe recordações.
Posso pegar num livro dito profundo, achar que não estou boa da cabeça, estar numa fase Felicia Adams e, no fim do livro, sou a pessoa mais feliz do mundo.
E, agora pergunto: Não é isso que um livro nos deve trazer? Sentimentos profundos, risos, lágrimas, desgostos, saudade, felicidade? Se não nos fazem sentir nada, então aí sim, o livro é mau. É por isso que lemos e é por isso que gostamos de ler. Certo?

1 comentário:

  1. Estás certíssima! =)
    Se o livro não tiver um impacto em nós, seja ele positivo ou não, então não é um bom livro.
    Também não percebo como é que o o tempo pode influenciar as leituras, mas pronto...
    Bjs**

    ResponderEliminar