quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Opinião - 666 Park Avenue

Título Original: 666 Park Avenue (#1 666 Park Avenue)
Autor: Gabriella Pierce
Editora: Edições ASA
Número de Páginas: 288

Sinopse
 Jane Boyle é uma jovem e promissora arquiteta que está a viver um verdadeiro conto de fadas, desde que o charmoso, e muito rico, Malcolm Doran a arrebatou e lhe propôs casamento, acompanhando o pedido com um enorme anel de diamantes. Jane não consegue acreditar na sua sorte e resolve deixar o emprego em Paris para recomeçar a vida em Nova Iorque, na companhia de Malcolm. Mas quando Malcolm a apresenta à família, os muito temidos e reverenciados Doran, uma das mais importantes famílias da elite de Manhattan, o conto de fadas de Jane sofre uma abrupta e negra mudança de rumo. Em breve, tudo o que ela pensava saber sobre o mundo e ela própria é posto em causa. Agora Jane tem de tentar compreender as suas novas capacidades mágicas, ao mesmo tempo que luta contra a ameaça daqueles que tudo farão para lhas retirarem.

Opinião
Primeiro livro de Gabriella Pierce, 666 Park Avenue é a morada da alta sociedade bruxuleante. Por trás de mansões, glamour e dinheiro, nada do que parece é, e em pleno século XXI, ideais e heranças medievais trocaram as carruagens por limusinas, caldeirões por cartões de crédito e chapéus pontiagudos por vestidos Versace. As guerras mágicas seculares são agora batalhadas em festas e recepções, onde o estatuto social pode perfeitamente deitar alguém mais fraco para fora do tabuleiro. Mais um romance paranormal, ou não, é uma visão alternativa que a autora nos apresenta da sua própria experiência enquanto americana a viver em Paris. Já com dois livros publicados, a série verá o seu terceiro volume ser publicado no próximo ano.
Apesar de quase ter passado despercebido, recentemente foi adaptado à televisão com várias caras conhecidas, incluindo a fantástica Vanessa Williams, mas que devido à falta de audiências ou às grandes diferenças que apresenta em relação ao livro, ficará por uma primeira e única temporada de treze episódios, estando o fim marcado para Janeiro de 2013.
Este podia ser um herdeiro de O Sexo e a Cidade ou Gossip Girl mas, tal como o título indica, este não é mais um relato sobre as experiências e vivências da alta sociedade, antes sim, um misto de magia e modernidade, mitos e luxos onde o amor pode ser conveniente, o desejo ilusório e as alucinações verdadeiras. Da efervescente Paris à poderosa Nova Iorque, esta vai ser uma viagem de descobertas, desafios e segredos impossíveis, na qual, ao partir para o seu casamento de sonho com o homem da sua vida, Jane Boyle vai perceber que a normalidade não entra na equação do seu sonho americano.
Refrescante, divertido, feminino, são algumas das qualidades que Gabriella conseguiu inserir no seu primeiro trabalho e, apesar de estar longe de ser excelente, 666 Park Avenue, consegue, enquanto livro introdutório de uma série cheia de ideias já usadas, ser altamente viciante e, surpreendentemente, exactamente o que eu precisava. Entre disputas familiares, compras e reuniões sociais, Jane vai ter de abarcar todas as mudanças que, no curto espaço de tempo, ocorreram na sua vida e as consequências que elas trazem consigo podem ser bem mais pesadas do que ela alguma vez pode imaginar. Da alegria extrema à tristeza profunda, do meio que é seu para um mundo desconhecido, Jane vai ter de colocar a sua ingenuidade de lado e fazer tudo por tudo para reconquistar aquilo que sempre considerou um dado adquirido e aprender que uma herança como a que carrega traz coisas boas e muitas coisas más atrás e, ao contrário do que julga, há muito que o seu estado invulgar tem influenciado e perseguido a sua vida.
Quase se podia dizer que Jane tinha uma vida normal, afinal é uma jovem a organizar o seu casamento de sonho com a presença imposta de uma sogra imponente sempre a pressionar e a massacrar, um noivo perfeito e uma nova vida fantástica pela frente mas quando percebe que a sua futura família está longe de ser o que aparenta e que tem demasiados esqueletos no armário, a nossa protagonista percebe que ser bruxa é o menor dos seus problemas e que o dinheiro e estatuto que advém de ser um deles só vai trazer ainda mais drama à sua vida virada do avesso. Entre linhagens escondidas, amigos inesperados e aulas de magia, num cenário moderno e chique, Jane vai passar da normalidade ao impossível e a magia que faz parte de si vai alterar tudo à sua volta.
Numa narrativa divertida, onde a magia se une à riqueza, as personagens são, sem dúvida, um dos componentes mais atractivos deste livro. Desde melhores amigas meio estranhas às tias assustadoras, de amigos engraçados à sogra maquiavélica, passando por patrões histéricos e noivos perfeitos, todas elas são ricas em personalidade, mesmo que contenham alguns elementos dito típicos deste tipo de história, conseguem provocar bons momentos e algumas surpresas. Naquela que parece uma história simples, a autora conseguiu colocar camadas, superficiais mas que juntas, formam um quadro inesperado e que vai causar muitas revelações e choques ao longo da leitura. A junção de elementos paranormais com experiências de alta sociedade resulta bastante bem e, se há isto juntarmos disputas seculares e muitos segredos antigos, com nuances de medievalismo, podem querer que vale a pena ler pois a autora é eficaz em criar algo que entretém, capaz de fazer passar as horas e trazer o riso fácil e até uma curiosidade natural pelo que se segue.
666 Park Avenue não é uma obra-prima mas é um livro que merece ser lido pois traz um rejuvenescimento do género, conseguindo juntar a dose certa de humor com mistério, compras com rituais e modernidade com passado. Algo que vai agradar as fãs de bruxas e de Carrie.


5*

2 comentários:

  1. Eu fiquei um pouco decepcionada com o ele, pela sinopse parecia-me algo completamente diferente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não estava com as expectativas elevadas, talvez foi por causa disso que ele me divertiu. Não é um livro que adorasse ou que me tenha dito algo mas no meio dos exames foi a leitura certa para relaxar

      Eliminar