terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Opinião - As Gotas de Um Beijo

Título Original: As Gotas de Um Beijo
Autor: Carina Rosa
Editora: Alfarroba Edições
Número de Páginas: 240


Sinopse
 Desde que o seu casamento de vinte anos terminou, David é um homem solitário. É no stand de automóveis que dirige que afoga as memórias do passado e a solidão do presente. Afastado de casa e dos filhos, é obrigado a gerir sozinho as acções e as escolhas que fez ao longo da vida, nas quais Diana, uma amiga de infância que considera irmã, tem um papel fundamental. Diana é o seu porto de abrigo e o seu braço direito, mas foi mais do que isso durante o seu casamento agora destruído.
A afinidade entre David e Diana, também divorciada, é quebrada pela chegada de uma mulher ruiva que revela muito pouco de si própria. Laura é atraente e misteriosa, e a atracção entre si e David é mútua e intensa. Será ela a mulher doce e simples que aparenta ser? Entre a joalharia e o stand, passa a alternar-se a languidez dos dias com a turbulência das noites e David acaba por se embrenhar num mundo perigoso de segredos, mentiras e traições. Dividido entre duas mulheres, estará David a encaminhar-se para o fundo do abismo?


Opinião

  Nasceu em Lisboa mas foi no Algarve, mais precisamente em Loulé, que encontrou uma nova casa. Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Algarve, trabalhou em jornalismo de imprensa, numa rádio e numa televisão online. Aos 18 integrou a Selecção Nacional de Trampolins e Desportos Acrobáticos, pelo Louletano Desportos Clube, tendo participado em várias competições internacionais. E desde criança que é apaixonada pela escrita. Hoje, Carina Rosa é técnica de Ginástica Acrobática e escritora. Intruso, o seu primeiro livro, foi publicado em 2012 e a ele segue-se este As Gotas de Um Beijo, publicado em Novembro do ano passado.

  Histórias como a deste livro não são aquelas que costumo ler, nem que me costumam chamar a atenção mas, por acasos do destino, existem sempre surpresas guardadas onde menos esperámos e, a Carina, tem sido uma delas pois mesmo contado histórias que não fazem o meu género, ela tem uma forma de cativar o leitor que é única, capaz de o prender às suas histórias e torná-las tão importantes para ele como para ela. Não impondo-se, mas sim, envolvendo o leitor com uma escrita fluída e comovente, cheia de sensibilidade e emoção que consegue tornar as histórias mais trágicas em verdadeiras pérolas sobre sentimentos.

  As Gotas de Um Beijo não é excepção. Apresentando uma história sobre o amor e a amizade numa idade madura, este livro fala-nos de segundas oportunidades, de esperança e do destino através de uma narrativa simples mas tocante, dramática e carinhosa, que nos envolve na vida de três seres humanos, perdidos na vida, de sonhos quebrados e que finalmente encontram uma luz inesperada. Tocando em temas pesados como a solidão após o divórcio, a traição ou a violência doméstica, a autora conta uma história sobre as várias facetas do amor, a forma como ele nasce, como ele cresce ou simplesmente irrompe sem pedir autorização. Passando pelas linhas directas do amor carnal para as linhas sinuosas da amizade que se transforma em algo mais, a história destas três pessoas toca-nos através das emoções que a autora impõe em cada uma das suas palavras.

  Infelizmente existem algumas incoerências que não deixam que esta seja uma narrativa perfeita. Por exemplo, a transformação dos sentimentos de Diana é demasiado repentina e merecia ser melhor explorada pois acaba por soar bastante superficial. Parece-me mesmo que esta alteração de sentimentos retira algo da narrativa e acaba por a colocar num patamar desconfortável principalmente graças às reacções exageradas das personagens às suas acções, personagens essas cuja relação até aí era encantadora e divertida. Outro ponto que me deixou de pé atrás foi o filho de Laura pois não consigo compreender como é que ele vivendo com os pais não se apercebia da situação mas os vizinhos sim.

  Já as personagens, tão emotivas e fortes quanto a narrativa, são o grande alicerce desta história mas, se tanto Diana como Laura me agradaram, o mesmo já não posso dizer de David. Enquanto dupla com qualquer uma das personagens femininas, David é encantador mas isto deve-se provavelmente às personalidades envolventes delas, duas mulheres de armas que nos dizem algo e que com personalidades totalmente diferentes conseguem conquistar-nos, marcar-nos e fazer nos interessar pelas suas histórias. David, sozinho, é uma personagem lamechas, contraditória, alguém que apenas tolerámos e que, confesso, me disse muito pouco.

  No geral, As Gotas de Um Beijo é um romance cheio de promessas. De muito mais e melhor, um romance que nos envolve, escrito por alguém que pode ir ainda mais longe.

Sem comentários:

Enviar um comentário