segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Opinião - O Êxtase

Título Original: Ecstasy (#4 Notorius)
Autor: Nicole Jordan
Editora: Quinta Essência
Número de Páginas: 384
Sinopse
 Depois de ver a mãe consumir-se e perder tudo por um amor não correspondido, Raven jura a si mesma que só casará para recuperar a posição social da família. O único capricho que se permite é sonhar com um amante, um pirata que só existe nos seus sonhos e que a preenche de amor e paixão. Porém, quando rebenta um escândalo em torno da sua pessoa, é obrigada a aceitar a proposta de casamento do dono diabolicamente sensual do mais famoso clube de jogo de Londres. Apesar de se sentir irresistivelmente atraída pelo seu enigmático salvador, Raven lutará para resistir ao novo marido, um homem cujas carícias prometem um êxtase para além das suas fantasias mais loucas. Para salvar a reputação de uma jovem inocente a quem o irmão estava prestes a arruinar a vida, Kell Lasseter sacrifica a sua liberdade para casar com a deslumbrante debutante. Desprezado pelo seu sangue irlandês e passado obscuro, Kell não pode negar que aquela encantadora mulher temperamental não se parece nada com as outras jovens da sociedade... nem sufocar o seu ardente desejo por ela. Dividido entre a lealdade para com o irmão e os crescentes e novos sentimentos pela sua esposa rebelde, Kell tentará libertar o coração relutante de Raven antes de poder conhecer o êxtase do verdadeiro amor.
Opinião

  Tendo crescido num ambiente militar, Nicole mudou de casa frequentemente graças às deslocações do pai, acabando por fazer o ensino secundário na Alemanha. Acabaria por regressar para tirar Engenharia Civil no Georgia Tech e hoje mora com o marido nas Montanhas Rochosas mais as suas crianças (os cavalos).

  Com mais de vinte livros publicados, Nicole começou a escrever em 1987 e nunca mais parou. Cinco milhões de livros impressos, vários bestsellers e prémios, já a consagraram como uma das autoras mais lidas do género.

  O Êxtase é o quarto volume da sua segunda série mais popular, Notorious, e a única publicada em Portugal. Está traduzido para cinco línguas e foi publicado pela primeira vez em 2002.

  Apesar do primeiro livro desta série ter sido uns dos primeiros que li deste género foi também o único que tinha lido da autora até que, ao deparar-me com a sinopse deste livro, me deu as saudades, benditas sejam, porque ler O Êxtase relembrou-me do quão boa esta autora é. Com uma escrita apaixonada, escandalosa mas cheia de humor e romance, Jordan presenteia-nos com uma história fora do comum, um amor que queima e que mostra que a fantasia pode se tornar realidade, um romance que tanto nos faz corar como rir as gargalhadas, perfeito para levar a imaginação mais longe e que nos dá umas boas horas de entretenimento em que o tempo parece parar.

  Escândalos, promessas, um casamento de conveniência e perigo, são os ingredientes deste enredo onde fantasia e realidade se unem, onde mundos diferentes eclodem e duas pessoas totalmente opostas se entregam a uma paixão que rivaliza com o sonho. Uma leitura fluída, a que não falta situações de tensão, seja de paixão ou perigo, feita de requinte e ousadia, este livro é um deleite, quer pela sua história quer pelas suas personagens. O romance, que começa picante vai-se adoçando e ganha muito pelas personalidades fortes do casal que acabam por nos dar tanto momentos de humor como de paixão, sendo um prazer observá-los enquanto passam pelas várias etapas do romance, da aversão ao amor incondicional. As fantasias de Raven e as tentativas de Kell de a conquistar são de destacar já que provocam alguns dos momentos mais hilariantes e apaixonados da história e primam por serem fora do comum.

  Através dos vários elementos da história como a bastardia, nacionalidade irlandesa, casas de jogo, casamentos de conveniência, pedofilia, entre outros, a autora consegue dar-nos um retrato desta época, do seu cinismo e dos seus defeitos sem perder o humor ou o rumo. Estes elementos enriquecem a narrativa e complementam o romance na perfeição pois adiciona mais qualquer coisa à comum história romântica.
 
  Mas, o que realmente nos prende a este livro são as suas personagens. Kell e Raven são um casal inesquecível. Completamente opostos, com personalidades fortes, sarcásticos e teimosos como tudo, eles deliciam-nos desde o seu primeiro momento juntos até ao final, seja nas discussões, nos interlúdios mais doces ou nas situações mais apaixonadas.

  O Êxtase foi para mim um regresso em grande a esta autora e irei agora explorar os livros anteriores de certeza com mais vontade ainda.

Sem comentários:

Enviar um comentário