quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Opinião - Alienated

Título Original: Alienated (#1 Alienated)
Autor: Melissa Landers
Editora: Disney-Hyperion
Número de Páginas: 352


Sinopse
 Two years ago, the aliens made contact. Now Cara Sweeney is going to be sharing a bathroom with one of them.

Handpicked to host the first-ever L’eihr exchange student, Cara thinks her future is set. Not only does she get a free ride to her dream college, she’ll have inside information about the mysterious L’eihrs that every journalist would kill for. Cara’s blog following is about to skyrocket.

Still, Cara isn’t sure what to think when she meets Aelyx. Humans and L’eihrs have nearly identical DNA, but cold, infuriatingly brilliant Aelyx couldn’t seem more alien. She’s certain about one thing, though: no human boy is this good-looking.

But when Cara's classmates get swept up by anti-L'eihr paranoia, Midtown High School suddenly isn't safe anymore. Threatening notes appear in Cara's locker, and a police officer has to escort her and Aelyx to class.

Cara finds support in the last person she expected. She realizes that Aelyx isn’t just her only friend; she's fallen hard for him. But Aelyx has been hiding the truth about the purpose of his exchange, and its potentially deadly consequences. Soon Cara will be in for the fight of her life—not just for herself and the boy she loves, but for the future of her planet.


Opinião

  Com um apetite insaciável por livros, Melissa assume-se como leitora compulsiva de todos os géneros mas, é obrigatório existir romance, pois ela está definitivamente apaixonada pelo amor. Filha de militar, cresceu em todo o lado até ir para a universidade no Texas, onde estudou inglês mas, mesmo assim, ainda foi tirar a licença de professora na Universidade de East Carolina. Só depois de nove anos como professora do ensino básico é que desistiu da vida de nómada… e de dar aulas para escrever romances.


  Em 2012 iniciou-se no romance contemporâneo mas, enquanto amante de ficção científica e, orgulhosa detentora de um disfarce de Princesa Leia (que parece que usa em qualquer lado), Melissa regressou às origens. O resultado foi Alienated.


  À venda desde ontem oficialmente, Alienated tem já sido um sucesso de críticas e poderá ser considerado um dos melhores livros deste ano no género YA.


  À primeira vista, Alienated podia não ser nada de especial e, não fosse as excelentes críticas que tem recebido, ter-me-ia passado completamente despercebido, o que teria sido um crime, pois este livro é uma daquelas caixinhas de surpresas que nos deixam de água na boca e a chorar por mais. Com uma escrita divertida e imaginativa, Melissa Landers apresenta-nos uma deliciosa mistura entre ficção-científica e romance que promete tornar-se num dos favoritos do ano e, talvez, uma das maiores surpresas do género nos últimos tempos, não fosse o facto de fugir por completo aos clichés e temas mais prolíficos na literatura YA.


  Mas, afinal, o que tem este livro sobre intercâmbio de estudantes intergaláctico de tão especial? Fácil. É uma leitura compulsiva e fluída que não precisa de grandes exageros para se enaltecer aos olhos do leitor. Basta-lhe uma mistura de aliens, conspirações e guerras inter-raciais, pontuado com humor, imaginação e revelações bombásticas na quantidade e na hora certa para resultar e bem, muito bem mesmo. Entre a tentativa de evitar uma guerra entre mundos e um romance proibido, a autora consegue arranjar o equilíbrio perfeito, sem esquecer as questões morais, ambientais e sociais que levam às divisões entre humanos e aliens, ou melhor dizendo, ao racismo entre eles. Aliás, esse é o maior tema deste livro, os prós e contras de uma aliança intergaláctica que tem opositores dos dois lados, extremistas que acham que um povo tem de governar sobre o outro, que não existem boas intenções mas apenas uma tentativa de subjugação. 
  

  E, como em todos os conflitos, há um lado que defende a paz e a compreensão, que pouco a pouco, vai aprendendo a conhecer melhor e a aceitar as diferenças. Através de diálogos inteligentes e sagazes, os protagonistas, quais Pocahontas e John Smith, defendem o melhor do seu respectivo mundo e demonstram as falhas do outro através de observações perspicazes que nos fazem compreender os dois lados da contenda e quem são os L’heir e de onde vieram enquanto vão aprendendo a conhecer-se, a aceitarem-se, a serem amigos e, por último, apaixonados. E, é por isto, que a relação de Cara e Aelyx é o verdadeiro triunfo deste livro. Porque apesar de toda a imaginação da autora quanto aos pormenores sobre os L´heir e da sua aliança com a Terra, é, na construção de sentimentos e complexidade das relações que nos deixa mesmo arrebatados.


  Cara é uma nerd, inteligente, respondona, perspicaz e sensata que adorámos desde o primeiro momento. Aelyx é um alien sobredotado, esquisitoide e armado em parvo que nos vai conquistando com o seu mau feitio e pouca resolução em resistir a Cara. Juntos, eles formam um casal único. Mas, para além deles, existem mais uma série de personagens que, apesar de não tão presentes, são igualmente marcantes e importantes e difíceis de resistir.


  Alienated é tudo o que dizem de bom sobre ele. Tudo e mais ainda. E será, certamente, um dos livros porque este ano será lembrado no género YA. Que venham mais assim! 

1 comentário:

  1. Oi, eu me interessei bastante nesse livro, mas queria saber o que tu acha sobre o nivel de ingles desse livro, se é muito dificil ou não

    ResponderEliminar