segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Tentações: Vidas Roubadas [Topseller]

Título: Vidas Roubadas
Título Original: Pretty Baby
Autor: Mary Kubica
Editora: Topseller
Número de Páginas: 336
Preço: €18,79



*Mary Kubica*
Tem um Bacharelato em História e Literatura Americana pela Universidade de Miami (Ohio). Vive nos arredores de Chicago com o marido e os dois filhos e gosta de fotografia, de jardinagem e de cuidar de animais abandonados num abrigo local.

Não Digas Nada foi a estreia desta autora incrivelmente promissora, que a Topseller se orgulhou de dar a conhecer aos seus leitores. Vidas Roubadas é o seu mais recente êxito, estando Mary Kubica a trabalhar já no seu terceiro livro, Don't You Cry, previsto para 2016.

Saiba mais da autora: www.marykubica.com.



Vidas Roubadas
Sinopse: Numa manhã fustigada pelo mau tempo, Heidi Wood vê numa estação de comboios uma adolescente com um bebé ao colo. A partir desse momento, essa imagem não lhe sai da cabeça.

Quando, dias mais tarde, volta a encontrar a rapariga com a bebé, Heidi decide ajudá-las e leva-as para sua casa. Chris, o marido de Heidi, assim como a filha, Zoe, opõem-se em absoluto à ideia de esta jovem, que diz chamar-se Willow, ficar em sua casa, temendo que ela possa ser uma criminosa. No entanto, Heidi não lhes dá ouvidos e, à medida que o tempo passa, sente que não pode abandonar a rapariga, e acima de tudo a sua bebé, por quem nutre um sentimento maternal fora do comum.

Entretanto, começam a aparecer pistas sobre o passado de Willow que farão com que a história ganhe contornos perturbadores. Que segredos guardará esta rapariga cujo passado esconde a todo o custo?



Uma Tentação Porque...
Gostei bastante do primeiro livro desta autora, apesar de a dada altura se ter tornado previsível. Espero que neste livro isso não aconteça e que ainda seja melhor.



O Livro Anterior da Autora


sábado, 24 de outubro de 2015

Tentações: A Noiva do Marquês [Topseller]



Título: A Noiva do Marquês
Título Original: Say Yes to the Marquess (#2 Castles Ever After)
Autor: Tessa Dare
Editora: Topseller
Número de Páginas: 304
Preço: €15,98



*Tessa Dare*
É uma autora norte-americana bestseller do New York Times e do USA Today, que já conta com quatro novelas e doze romances históricos publicados. Os seus livros foram alvo de vários elogios e prémios, incluindo o Prémio RITA para Melhor Romance Histórico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance, e prémios da revista RT Book Reviews. A revista Booklist nomeou-a «uma das novas estrelas do romance histórico» e os seus livros já foram traduzidos para mais de doze línguas. Romance com o Duque alcançou a shortlist para o Prémio Goodreads de 2014.



A Noiva do Marquês
Sinopse: Ela tinha tudo o que uma donzela da sua posição podia querer: era linda e estava noiva do solteiro mais cobiçado da cidade. Um longo e desesperante noivado, porém, levou-a a querer romper o compromisso e a tomar as rédeas da sua vida. 

Clio Whitmore está noiva do Marquês de Granville há oito anos, mas ele está sempre ausente no estrangeiro, levando-a ao desespero por não se sentir desejada. Quando Clio herda um castelo que lhe proporciona independência financeira, decide romper o noivado e iniciar uma nova vida. Para tal, ela terá de convencer Rafe, irmão e procurador do Marquês, a aceitar o fim do noivado. Mas Rafe tem planos para a fazer mudar de ideias, organizando-lhe um casamento de sonho...
Ele começa com flores. Um casamento nunca tem flores suficientes... Ele diz-lhe que ela dará uma belíssima noiva… e tenta não imaginá-la como sua.
Como conseguirá Rafe convencer Clio a casar-se sem se deixar vencer pelos sentimentos que crescem dentro dele, e que são a cada dia mais fortes?
Ele não irá apaixonar-se pela única mulher que nunca poderá beijar nem dizer ser sua. Ou irá?




Uma Tentação Porque...
Adorei o primeiro livro desta série, Romance com o Duque, e estou desejosa de ver o que a autora nos preparou neste livro. De certeza, algo muito divertido e romântico!



O Primeiro Livro da Série


terça-feira, 6 de outubro de 2015

Opinião - Romance Com o Duque

Título Original: Romancing the Duke (#1 Castles Ever After)
Autor: Tessa Dare
Editora: Topseller
Número de Páginas: 304


Sinopse
 Uma donzela perdida, um castelo misterioso, um duque com um temperamento e um passado um pouco… complicados. O cenário perfeito para um amor improvável.

Como filha de um afamado escritor, Isolde Ophelia Goodnight, também conhecida por Izzy, cresceu em redor de românticos contos de cavaleiros corajosos e belas donzelas. As histórias daqueles livros prometiam inúmeras possibilidades. E por isso mesmo nunca duvidou de que o romance teria lugar também na sua vida.
À medida que foi crescendo, porém, foi riscando essas possibilidades da lista. Uma a uma:
O patinho feio que se tornou cisne.
Ser raptada por um atraente salteador de estrada.
Ser salva da miséria por um príncipe encantado.
Alto lá… Agora que os seus desejos de amor romântico se haviam gorado, Izzy já estava resignada a uma vida de mera subsistência. Mas havia um conto de fadas predestinado a esta mulher de vinte e seis anos, não tão atraente quanto isso, pobre e que nunca fora beijada. Esse conto de fadas era... Este. 



Biografia
  Bibliotecária por treino, amantes de livros de coração, Tessa começou a publicar os seus romances em 2009, sendo hoje considerada «uma das novas estrelas do romance histórico», tendo sido este ano agraciada pela segunda vez com o mais prestigiado prémio para as autoras de romance, o RITA Award. Aliás, durante cinco anos consecutivos ganhou o Romantic Times Reviewers Choice Award for Best Historical Novels

  Romance com o Duque inicia a sua mais recente série, Castles Ever After, cujo terceiro livro vai ser publicado este mês. Lançado em 2014, está traduzido para português e eslovaco e para além de ter figurado nos finalistas da categoria de Romance nos Goodreads Choice Awards de 2014, foi o vencedor deste ano de um RITA para Melhor Romance Histórico Curto.


Opinião
  Como leitora, é óbvio que já fantasiei ser protagonista, não de um, mas de vários livros que li. Claro que um dia já acreditei em príncipes encantados e, secretamente, lá bem no fundo, ainda quero um final feliz. E, gosto de acreditar piamente, que foi para mulheres como eu, outrora românticas mas sempre sonhadoras, que Tessa Dare escreveu Romance com o Duque. Afinal, não é ele uma prova de que nunca devemos desistir da pura simplicidade de ser feliz? Este livro podia, oh tão facilmente, ter pendido para o ridículo e intragável. Podia ter sido enjoativo e demasiado cor-de-rosa. Mas Tessa Dare conseguiu, com um admirável talento, caminhar sobre uma linha ténue e arrasar com expectativas e ideias pré-concebidas. Com humor, romantismo e uma boa e generosa dose de imprevisibilidade, insanidade e doçura, esta autora arranca-nos da realidade e leva-nos numa viagem que, ate aí, pensávamos que não queríamos, mas que na verdade, era tudo o que precisávamos.

  Perante a incredibilidade de uma pagã como eu, Tessa Dare conseguiu, não só fazer-me apreciar, como adorar esta história meio estouvada e fantasiosa. A verdade é que esta é detentora de um charme muito seu, muito peculiar, que por vezes é dócil e ternurento, e noutras fogoso e impertinente, mas sempre irresistível até ao âmago. Numa história como tantas outras, ou que podia ser como tantas outras, temos um casal, à primeira vista incompatível que, passo a passo, desabrocha para o amor. Sim eu sei, isso acontece em todos os livros neste género mas, Izzy e Ransom apaixonam-se na mais singular das situações e, mesmo que lutem teimosa, estúpida e afincadamente contra isso, é tão delicioso vê-los dar cabeçadas sem parar, terem discussões parvas, admitirem os seus medos, segredos e desejos, muitas vezes nas situações mais ridículas e mirabolantes, até finalmente declararem-se da forma mais honesta, real e romântica de que há memória.

  E acreditem, o que não falta nestas páginas são peripécias, acidentes e discussões, ora de nos levar às gargalhadas histéricas, ora de nos fazer revirar os olhos com exasperação. E a culpa disso é toda, toda, destas personagens meio loucas e às vezes tão pouco pragmáticas, tão ansiosas por amor, e infinitamente adoráveis como tudo. Desde a Izzy ao Ransom, do Duncan à Abigail, e incluindo, claro, todos os honráveis cidadão de Moranglia, não há personagem que não teça sobre o leitor um carinho inexplicavelmente crescente. São elas que dão alma e coração a uma narrativa tolamente ridícula e sonhadora bem como igualmente maravilhosa.

  Romance com o Duque é, garantidamente, a receita certa para um sorriso tolo constante que durará horas e horas, prometendo um dia sem nuvens e um sol radioso. E não imaginam o bem que isso nos faz à alma e à esperança. Pensando bem, este livro mostra claramente, a razão porque, nós leitores, adorámos ler, respirámos histórias e somos garantidamente mais fortes e crentes.

Tentações: A Imperatríz da Rússia [Casa das Letras]

A partir de hoje na sua livraria Leya
 
 
Título: A Imperatriz da Rússia
Título Original: Empress of the Night (Catherine #2)
Autor: Eva Stachniak
Editora: Casa das Letras
Número de Páginas: 488
Preço: €18.90
ISBN:  9789897413346


*Eva Stachniak*
Nasceu em Wroclaw, na Polónia, e vive atualmente no Canadá, onde trabalhou na rádio e foi assistente universitária de Inglês e Humanidades. O seu primeiro romance, Necessary Lies, ganhou o Prémio de Primeiro Romance da Amazon.com no Canadá, e o seu segundo romance, Dancing with Kings, foi traduzido para sete línguas.
 
 
 
A Imperatriz da Rússia
Sinopse: O poder, as paixões e o destino da mais poderosa imperatriz da História.

Escrito numa prosa intensamente lírica e repleta de detalhes vibrantes, A Imperatriz da Rússia é um romance intimista sobre uma mulher aos comandos do seu destino - Catarina, a Grande –, obrigada a navegar pelos triunfos, dores e esperanças da sua alma e de toda uma nação. Desde a sua extraordinária ascensão ao trono até ao domínio pleno sobre um dos maiores impérios da História, passando pelos relacionamentos românticos e os sacrifícios que fizeram dela a mulher mais temida e autoritária da sua época, A Imperatriz da Rússia relata a incansável batalha entre o amor e o poder de Catarina, a Grande, no país que ela conduziu ao glorioso novo século.
Durante toda a sua vida, Catarina realizou mais proezas do que qualquer outra mulher na história. Ergueu e fez prosperar o império Romanov, acumulou uma imensa fortuna em arte e em terras, controlou com mão de ferro uma corte cheia de vícios e fez vergar uma legião de inimigos que acabou por se ajoelhar perante si.
E antes do seu último suspiro, ensombrado pela sangrenta Revolução Francesa, Catarina, a Grande desenhou o desfecho do jogo com a sua última cartada política, assegurando a sua sucessão e a maior glória da Rússia.
 
 
 
Uma Tentação Porque...
Adorei o livro anterior e estou desejosa de ver mais profundamente o quão espectacularmente Eva Stachniak deu vida a esta mulher fenomenal que foi Catarina a Grande.
 
 
O Outro Livro
 

 
 
 


domingo, 4 de outubro de 2015

Opinião - Segredos de Uma Condessa Respeitável

Título Original: Secrets of a Proper Countess (#1 Secrets)
Autor: Lecia Cornwall
Editora: Planeta Manuscrito
Número de Páginas: 364


Sinopse

Lady Isobel Maitland não se pode dar ao luxo de ser apanhada fazendo qualquer coisa, mesmo remotamente, escandalosa, ou corre o risco de perder tudo o que tem de mais querido. Mas uma noite, num jardim escuro num baile de máscaras, Isobel cede à tentação e permite que um namorisco inocente com o marquês de Blackwood se transforme em paixão..



Biografia
Lecia Cornwall nasceu no século errado. Não que não seja devota às conveniências deste mundo, especialmente à canalização e ao bom chocolate, mas anseia pela elegância, graça e aventuras do passado. 

Sempre quis ser escritora, de romances históricos pois está claro. Em criança escrevia as histórias mais aventurosas mas em adulta acabou por ter outra profissão mas continuou a sonhar que iria escrever romances históricos. E conseguiu quando mudou de casa e ficou desempregada. Seis anos depois, publicou o seu primeiro romance, Segredos de Uma Condessa Respeitável.

Publicado em 2011, está traduzido para português e alemão.


Opinião

  Num género como o romance histórico, prolífero em autoras e histórias, chega-se a um ponto em que se torna difícil surpreender um leitor mais assíduo neste tipo de leitura. Penso que tenha sido por isso que Lecia Cornwall não me convenceu totalmente, com muita pena minha. A história está bem pensada e tinha vários factores para ser um romance bastante cativante mas, infelizmente, não foi tão bem trabalhado quanto deveria. O que me deixa um pouco triste, confesso, pois a escrita de Lecia é envolvente e sedutora, um pouco sonhadora por vezes, capaz de levar os seus leitores a acreditar em improváveis finais felizes. Mas, apesar de Segredos de Uma Condessa Respeitável ser bastante promissor enquanto primeiro livro da autora, a verdade é que tem algumas falhas que levaram a que a leitura não tivesse sido tão apreciada quanto gostaria.

  A narrativa idealizada é em si, bastante interessante e original, com um romance pouco comum no palco, personagens pouco convencionais e um mistério empolgante nos bastidores. E no início da história é notório que esta tinha tudo para ser um livro favorito só que alguns obstáculos interferiram pelo caminho. O romance, por exemplo, com a sua aura de sedução misteriosa, acaba por se tornar pouco credível em várias ocasiões, desenvolvendo-se demasiado rápido e de uma forma que não nos convence por completo. Contudo, aqui tenho de dar pontos à autora pois uma das coisas positivas deste livro, são as cenas amorosas, bastante intensas e de uma descrição bastante envolvente. Isso acontece também nos cenários, eventos sociais e rotina diária das personagens, em que a autora prima pelas descrições ricas.

  No caso do mistério apresentado, este tinha tudo para brilhar e ser a estrela do livro. A premissa era interessante e foi muito bem embutida na história, sendo que as pistas apareceram em alturas cruciais e as revelações foram-se dando exactamente na altura certa. Mas, a dada altura, as coisas foram muito apressadas, tornando a resolução do mistério muito confusa e sem o impacto esperado. 

  Contudo, aquilo que realmente me incomodou neste livro foram as personagens. Prometiam ser pouco convencionais de facto, só que revelaram-se, à falta de melhor palavra para as descrever, muito aborrecidas e, nalguns casos, mesmo irritantes. Não conseguiram apelar-me, de forma alguma, mesmo quando se notava que havia um grande esforço para que isso acontecesse. Não consegui gostar delas, nem mesmo importar-me com elas e penso que esta é a grande razão porque este livro realmente falhou comigo.

  Segredos de Uma Condessa Respeitável é, enquanto primeiro livro de Lecia Cornwall, uma história promissora que merecia ter sido melhor trabalhada. Mesmo assim, penso dar à autora uma segunda oportunidade e espero que o seu próximo romance seja finalmente digno do potencial que vejo nela.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Aquisições *Setembro*

  Mais um mês que passou e, mais uma vez, nada de opiniões. Confesso que começo a ficar um bocadinho desesperada e zangada comigo mesma. Mas a verdade é que não é a falta de tempo mas sim a falta de paciência e inspiração, e o cansaço que é tanto mas tanto que nem ler me apetece. Ai, alguém sabe um remédio para isto??

  E como se não bastasse, não consigo parar de comprar livros! Afinal, a vontade terá de voltar e vou precisar de MUITOS livros quando isso acontecer não acham?



Aquisições

 Miss Peregrine's Home for Peculiar Children
Hollow City
Ransom Riggs
Com o filme aí a porta não tarda, eu bem que precisava deste livro que ando a namorar desde que ele saiu! Desta vez, foi a minha mãe que mos ofereceu porque: a) os livros são tão bonitos e b) se o Tim Burton vai ser o realizador do filme e a Penny Dreadful vai ser a protagonista é porque o livro deve ser bom e por fim c) pelo preço de um em português ela preferia dar-me os dois primeiros. Ora digam lá se a minha mãe não é um amor?

 O Reino do Fogo, Joanne Harris
Em Busca do Livro da Vida, Deborah Harkness
Oferecidos pelas parceiras ASA e Casa das Letras, estes dois eram muito, muito desejados. A Noite de Todas as Almas é um dos meus livros preferidos de sempre e nada como o lançamento do último para eu finalmente me mentalizar que tenho de ler o segundo que, sabe-se lá porque, estava na estante à espera de vez. Quanto ao Reino do Fogo, bem se ainda não sabem, eu volto, com muito gosto, a referir que a Joanne Harris é das autoras que mais venero à face da Terra portanto imaginem quando soube que ela ia escrever um livro da perspectiva do Loki. Yap, a maluquinha da mitologia entrou em histeria. O único senão? A capa portuguesa é horrorosa e pessoal, ao vivo só piora. 

 Sissi - Imperatriz por Amor, Allison Pataki
Um Marquês Irresistível, Sarah MacLean
O Peregrino, Terry Hayes
A sempre generosa parceira Topseller, mais uma vez decidiu mimar com três livros maravilhosos. Andava de olho no livro de Allison Pataki desde que saiu pois sou uma adoradora da Imperatriz Sissi e portanto fiquei super feliz quando soube que iam publicá-lo. A Sarah MacLean era uma das autoras de romance histórico que estava na minha lista de "a ler" dentro do género. Quanto ao muito aclamado e falado Peregrino, estou bastante curiosa com ele e fiquei muito contente de ser uma das seleccionadas para o ler.

 Trono de Vidro ~ Opinião
Queen of Shadows
Sarah J. Maas
Melhor que por as mãos no último livro de uma das minhas autoras preferidas, é passar a ter duas edições do primeiro livro dessa senhora. Mellhor ainda é ter dois livros da Sarah num só mês. Isto sim é ser feliz!

 Ensina-me a Amar, Jess Michaels
A querida parceira Quinta Essência decidiu também fazer-me feliz este mês e trouxe de volta ao seu catálogo a Rainha do Romance Sensual de quem eu tanto gosto.

A Curious Tale of the I-Between, LaurenDeStefano
Eu gosto muito da Lauren mas ainda não me dediquei à sua segunda trilogia porque lhe mudaram as capas e, pelo amor da santa, são tão feias que nem me dá vontade de ler nem comprar. Em compensação, o seu novo livro middle-grade tem uma capa tão fofa!



Swag

Por um lado estou muito feliz por ter swag da Lauren DeStefano, por outro gostava de perceber porque é que a Bloomsbury só deu marcadores a quem fez a pre-order em livrarias específicas em que só uma enviava para Portugal e os portes eram mais caros que o livro... Pessoal, isso não faz sentido.



O Melhor do Mês
Foi a única leitura deste mês mas mesmo que não tivesse sido, este lugar era seu pois ganhou-o com muito suor, sangue e lágrimas. Tanto da parte dele como da minha.




Próximas Opiniões

A boa notícia? A de Segredos de Uma Condessa Respeitável já está escrita!